IFAL PODE DESENVOLVER PROJETO JUNTO AO POVO TINGUI BOTÓ

Na tarde deste sábado (10) um diretor do Instituto Federal de Alagoas esteve acompanhado de alguns alunos do Campus Arapiraca visitando a Tribo Tingui Botó. O Diretor levantou a proposta para o cacique da tribo de desenvolver um projeto em que  bolsistas do Instituto irão lecionar aulas  de informática básica e noções de computação junto aos indígenas. Na escola da aldeia existem 10 computadores inativos cedidos pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte  para a utilização dos alunos, no entanto não existe profissionais capacitados para trabalharem com as máquinas, sendo assim o Ifal visa desnvolver com seus bolsistas um projeto de manutenção, assistência técnica e lecionar aulas  para a comunidade.

Segundo o representante da instituição projetos parecidos estão sendo desenvolvidos nas comunidades quilombolas de Pau D’arco e Carrasco em Arapiraca e na aldeia Karapotó – Plakiô em São Sebastião.

Para a aldeia será interessante que alguns de seus membros tenham noção de como é o mundo da tecnologia. Esperamos que o projeto flua e ganhe bons rumos para o progresso de nosso povo.

 

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s