ESTUDANTES INDÍGENAS AGUARDAM CERTIFICADO DO IFAL

Após 14 semanas consecutivas de aulas semanais, aos sábados de manhã, cerca de 15 jovens da comunidade Tingui Botó esperam em breve receberem o Certificado do Instituto Federal de Alagoas do Cursso de formação Básica em informática – Cyber- Étnica, promovido pelo Instituto Federal nas dependências da escola da aldeia.

Com uma carga de 60 horas, o curso ajudou vários indígenas à ingressarem de fato no universo dos computadores, pois tiveram nesse pouco tempo, aulas de manuseio de equipamentos, digitação , edição de textos, imagens, e vídeos, etc. As aulas foram revesadamente ministradas pelos  bolsistaas do Ifal, Camila  Emily e Norberto que  demonstraram satisfação com a aprendizagem do alunado.

O Cyber-Étnica foi importante para o povo Tingui Botó, abrindo espaço para os outros projetos que porventura possam beneficiar esta comunidade mais à frente.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s