A Identidade Indígena

Do ponto de vista europeu, a História do Brasil começou com os “descobridores” portugueses que permitiram aos índios entrarem para a história deles pelo menos nos seus capítulos iniciais. De certa forma é verdade pois os nativos brasileiros raramente aparecem ou são estudados e algumas vezes são apresentados ainda como os mesmos da época da chegada de Cabral ao nosso litoral, ignorando-se as mudanças ocorridas nos últimos 500 anos,  isso na História do homem branco que é a que prevalece, enquanto do ponto de vista do indígena, a visão é completamente diferente.

Vale lembrar que ‘índio’ é um conceito criado pelos europeus. Quando Cristovão Colombo chegou a América supostamente teria pensado que tivesse chegado nas Índias, daí chamar os nativos de índios. Sabe-se que essa história é daquelas que não passa de tramoias.

Do ponto de vista biológico, os nativos brasileiros não constituiram(e não constituem) um todo homogêneo, com variações em altura, cor da pele,corpulência. É de característica indígena a diversidade de idiomas. O Tupí, por ser falado pelas tribos litorâneas que primeiro entraram em contato com os portugueses foi elevado a idioma geral, título dado pelos cristãos.

A diversidade cultural foi e ainda é muito grande. Por isso, o critério mais aceito para definir índio é o da auto identificação étnica.

“Índio é todo indivíduo reconhecido como membro de uma comunidade pré-colombiana que se identifica como etnicamente diversa da nacional e considerada indígena pela pela população brasileira com quem está em contato”.

Darcy Ribeiro (1922-1997)


Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: