A Má Impressão do Povo Branco

Pouco se sabe sobre a história indígena, principalmente os não-índios.Os dados à respeito dessa população não são seguros.Quanto à origem, às migrações e aos conflitos são muitas as controvérsias. O que se sabe é que sempre houve no território chamado convencionalmente Brasil, uma grande heterogeneidade biológica e cultural. Os contatos pacíficos, as guerras, e o nomadismo fizeram e fazem com que novas culturas surgissem, se alterem ou desapareçam, isso tanto antes como depois da descoberta. Cada sociedade se pensa e se vê de maneira diferente e distinta e tenta manter o que é específico de seu povo, apesar dos efeitos destrutivos dos contatos com o homem branco. Um Potiguara ou Pataxó vai continuar pensando-se Potiguara ou Pataxó, porque sua tradição, língua, modo de viver, sistema de propriedade e de organização do trabalho, vida social, relacionamento, organização hierárquica, mitos e rituais são distintos.

INDIO GALDINO MORTO EM 20 DE ABRIL DE 1997
Galdino de Jesus-Morto queimado somente por ser índio

É um erro acreditar que as sociedades indígenas estivessem na estaca zero da sua evolução cultural e material em 1500, pois como bom exemplo os tupis já tinham domínio sobre a agricultura.Isso não quer dizer que os tupis tivessem um nível cultural superior, pois não existem culturas superiores ou inferiores umas as outras e sim diferentes entre si.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: